Blog

por-que-prototipar-a-informacao

A importância de prototipar a informação para desenvolver projetos inovadores

Analisar e resolver problemas de forma visual tem se tornado cada vez mais importante em ambientes relacionados a produtividade e a inovação. As novas formas de desenvolvimento de projetos inovadores não abrem mão da visualização, da prototipagem e da experimentação.

Os métodos de desenvolvimento mais clássicos concentravam a prototipação e os testes nas etapas mais finais do projeto.

figura 1

Dessa forma, as fragilidades eram mais identificadas no final do processo. Você acha vantajoso descobrir a maior parte dos equívocos e oportunidades de melhorias e inovações já na fase final do projeto? Que medidas podemos tomar para reduzir os erros, otimizar o tempo do projeto e sermos assertivos em projetos inovadores?

Realizar a prototipagem (nem que seja da informação) já nas primeiras etapas pode ser uma alternativa para potencializar os resultados. A seguir, explicarei o porquê.

Prototipar, testar e experimentar!

As novas abordagens para o Processo de Desenvolvimento de Projeto (PDP) sugerem que protótipos e testes sejam feitos o quanto antes, ainda na fase informacional. Esta análise pode revelar os erros e oportunidades antecipadamente – o que facilita a resolução de problemas e otimiza o tempo.

figura2

Percebi que criar relatos visuais desde a fase informacional ajuda a equipe de projeto a prototipar a informação, sendo possível também analisar se as informações referentes ao projeto fazem sentido. Costumo dizer que funciona como uma espécie de validação conceitual dessas informações, já que se não fizerem sentido nem conceitualmente, algo pode estar errado.

Vale esclarecer que o erro é comum e, muitas vezes, necessário. Mas o que deve ficar claro para você e sua equipe é o que deve ser feito a partir dele, para que todos possam adquirir conhecimento no processo.

Sabemos que prototipar é uma maneira de tangibilizar a ideia, tornando-a visível, palpável e muitas vezes até usual. Por isso, avaliar e, se possível, testar constantemente os avanços  no projeto se torna tão importante. Esse conceito de prototipar a informação constitui um dos pilares da Gestão Visual de Projetos.

Outra prática que deve estar presente é a do questionamento. Na ciência, por exemplo, toda hipótese científica passa por muitas validações e refutações. Por isso, ao prototipar e testar, questione a equipe envolvida no projeto. Quando alguém falar em muitos, pergunte exatamente quantos. Quando falarem que todos concordam ou discordam, questione exatamente quem. Quando falarem que é significativo ou insignificante, pergunte com base em quê. Quando falarem que é grande, questione o tamanho exato.

Lembre-se que o que pode ser medido pode ser melhorado. São esses questionamentos que contribuem para a construção de projetos inovadores e sólidos. Afinal, as inconsistências podem ser observadas desde o início  e solucionadas de maneira gradativa e criativa.

Saiba mais:

  • Você sabia que Lemming é uma nova proposta que sugere a visualização como forma de prototipação no ambiente de projetos? Veja aqui como a proposta funciona!
  • Deseja conhecer mais sobre a importância da gestão visual de projetos? Não deixe de conferir este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a newsletter!

Deixe seu e-mail para receber contéudo exclusivo e gratuito!

Nome

Email